Recomendação de Adubação

A Importância da Adubação no Solo

Ao pensar em plantar nos deparamos com questões importantes como preparo do solo, calagem e adubação, no entanto, precisamos saber qual a necessidade nutritiva exigida por cada planta, para utilizar uma recomendação de adubação, que visa atender em quantidades balanceadas os nutrientes necessários à espécie.

Podemos encontrar no mercado formulações preparadas para suprir diversas espécies de plantas. A adubação mineral é muito utilizada e funciona como uma injeção e supri as deficiências que possam existir, também as adubações orgânicas têm ganhado força ao longo dos anos e mostra-se como uma forma eficiente de conservar a micro-vida existente no solo, que é importante para o bom  desenvolvimento das plantas e o equilíbrio desse ecossistema.

A disponibilidade de nutrientes e elementos tóxicos às plantas somente é conhecido quando retiramos amostras da terra de diferentes glebas da área de cultivo, mas outros fatores também devem ser levados em consideração para não mascarar os resultados da análise química do solo, evitamos coletas  em  formigueiros e cupinzeiros. As amostras podem ser retiradas numa profundidade variável de 20 a 40 cm, dependendo da cultura, após a definição das glebas faz-se a caminhada em ziguezague retirando com uma pá reta ou trado as porções de terra.

amostra do solo
Coleta de Amostra do Solo

Essas amostras podem variar entre 15 e 20 porções, em seguida, basta colocá-las em um recipiente limpo e misturá-las bem, desse total em média 500 g deve ser embalado em um saco plástico limpo e identificado, mas antes de ser encaminhada ao laboratório é importante que a amostra homogênea seque à sombra. Para garantir uma boa produtividade o ideal é não deixar de monitorar a área de cultivo, para isso é importante coletar amostras de solo e fazer análise a cada 2 anos. Para a maioria das culturas o pH ideal deve ser entre 6 e 7.

Para a recomendação de adubação é necessário saber sobre produtividade de culturas anteriores, manejo do solo, rotação de culturas, aplicação de corretivos e adubações feitas anteriormente.  Desbalanços nutricionais podem ocorrer em uma determinada espécie de planta, com isso, fazer uma análise foliar consegue-se saber quais os nutrientes que a planta não está absorvendo, mas para isso é necessário uma avaliação mais aprofundada com critérios técnicos.

Como exemplo, as plantas podem apresentar deficiência de potássio, mas não conseguem absorvê-lo mesmo tendo boa disponibilidade no solo, devido ao excesso de magnésio existente no solo. Também podem existir relações contrárias a outros tipos de nutrientes no solo, é o caso dos seguintes : Cálcio x Magnésio, Potássio x Zinco e Magnésio x Manganês. Por tudo isso, é importante se utilizar de técnicas que miniminizem os problemas relacionados ao solo que se refletem na produção agrícola.

Em geral, a recomendação de adubação para uma planta, não importa a espécie, deve seguir parâmetros técnicos para não haver erros que possam contradizer o local de cultivo. Ter um técnico experiente para dar orientações e ajudar nas tomadas de decisões pode minimizar os dissabores que ocorrem no dia a dia de trabalho. Também pesquisar a respeito da cultivar e os métodos de cultivo ajuda a ter uma ideia do melhor caminho a seguir. 

Clique Aqui e Veja a importância das Estufas Agrícolas

Clique Aqui e Veja Dicas Sobre Adubação

Clique Aqui e Saiba o que é Rotação de Culturas